Futebol nacional, prognósticos semanais, classificações, almoços, Futebol Internacional, Politica nacional e o que adiante se verá
publicado por Faisca | Quinta-feira, 20 Novembro , 2008, 19:43

Foi pesada a derrota, é verdade. Meia dúzia é um saco cheio e já não acontecia uma assim vai para cinquenta anos, parece. Mas o insucesso actual da Selecção é algo que já todos devíamos prever. A explicação é simples : não há um único bigode na nossa selecção! Nem um!  Ora selecção portuguesa que se preze tem que ter bigode, claro.

Vejamos : o Otto Glória, que até era brasileiro e usava um penteado assim tipo Humberto Delgado género "sou careca mas estou a disfarçar" usava um bigodinho bem aparadinho.

E o poeta Artur Jorge? parece que foi aquele piaçaba que ele usava entre o nariz e a boca que amorteceu a murraça que o Sá Pinto lhe enfiou, zangado por não ser convocado. Já António Oliveirinha, apesar de na altura o acusarem de não ter curriculo para ser seleccionador (não sei porquê, ele tinha treinado grandes clubes como por exemplo o ...., o..... Penafiel..?) ostentava o seu farto bigode. Já me esquecia de Humberto Coelho no Europeu de Inglaterra, pois claro. Usava bigode na altura ? Claro que sim, amigos!

Mais recentemente, o boxeur Luis Filipe Scolari também tinha o seu bigode, claro está. E apesar de quase ter deixado Dragutinovic K.O. , a selecção teve sucesso, e pronto.

 

Ora dito isto, como poderia a actual selecção ter sucesso se o professor CQ anda bem penteadinho, com gel e tudo, razoavelmente bronzeado, que vai tendo algum tempo livre, mas bigode, nada ??

 

É que, se bem me lembro, professor CQ só teve sucesso nas selecções jovens. Porquê ? Tinha bigode, claro! É também por isso que Agostinho Oliveira, que já comandou várias selecções de jovens com sucesso, agora é o que se vê. Capachinho à maneira, mas bigode, nada.

 

Como prova última desta teoria deixo só mais 2 exemplos : a nossa selecção até com Flávio Murtosa a treinador principal teve sucesso! Bigode! Por último um caso paradigmático : depois de tantos sucessos com Sub-21's Rui Caçador estava desolado. Tinham chegado as derrotas. Tentou de tudo, mudou a táctica e nada. Pensou que só tinha uma solução : cortar o bigode. Telefonou-me a pedir conselho e eu disse-lhe : "não cortes o bigode, muda a equipa". Ele assim fez e ganhámos 4-1 à Espanha. 

 

Conclusão : em bigode que ganha (ou não) não se mexe!!!


De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Novembro 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
13


28



pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
subscrever feeds